Home
 
 
 
 

Confira nossa Edição Especial:

 

POESIA MARGINAL

Periférico, excluído, oprimido, inferior, injustiçado, submetido, arraia-miúda, marginal!

 

Como você reage? Como você reagiria se tudo o que você visse, pensasse, dissesse, criasse e constuísse fosse subjugado, diminuído, reduzido e sufocado por alguém, alguns, a maior parte, a esmagadora maioria dos indivíduos? Cidadãos que se amparam em convenções obtusas e covardes para garantir que seu ponto de vista, sua voz e todos os seus, não têm importância, grandeza ou valor para serem considerados como indivíduos e elementos atuantes na mesma sociedade que você suporta nas costas, nos ombros, nas ancas e se alimenta do seu sangue para que possa prosperar.

 

Leia nossa sexta edição:

 

ESCRITOS

INVOLUNTÁRIOS

Por mais que você tente,

se cale, renegue,

eles transbordam por algum olhar

e te fazem vagar,

escrito adentro, entre prosas,

versos, odes, lamentos,

até que não haja mais palavras

nem caminhos

por onde extravasar.

 

 

Leia nossa quinta edição:

ANOITECEU!

Em nossa quinta edição fizemos, junto com os autores e ilustradores, uma grande homenagem à noite e todas as nuances que a energia regida pela lua podem provocar em nossos instintos, pensamentos e sensações.

 

Não deixe de se inscrever para receber a publicação e conferir o resultado final neste mergulho numa noite iluminada!

 

Leia nossa Primeira edição:

morte Vida POESIA!

No lampejo de ilusão, na opacidade do desencanto, no romper do novo dia, no delírio mais fugaz, na mais íntima quimera, na necessidade do fim, ainda resiste a poesia. E quando da morte se faz o pão que alimenta a vida, é o nome da literatura que repetimos em silêncio, fazendo preencher o vazio das horas de tortura.

 

Em seu primeiro número, a nossa revista traz aos leito-res o avesso da boa ventura, um mergulho na solidão e no desassossego, inspirados pelos mais próprios e íntimos motivos, que fazem o poeta se deparar com seus fantasmas e carregar de inquietação os seus escritos. Passeando desde o desamor até a loucura, os textos publicados nesta edição oferecem um retrato do que guarda a solidão de cada escritor.

 

© Copyright. All Rights Reserved.

DESIGN E CONTEÚDO VISUAL

 

Ilustrarma@gmail.com

PRÓXIMA EDIÇÃO

Nosso sétimo número tem previsão para ser publicado entre os meses de outubro e novembro.

COMPARTILHE